Policiais recebem homenagem na Comissão de Segurança Pública

Em duas audiências de convidados realizadas nesta quarta-feira (27/9/17), a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) prestou homenagens a servidores da Polícia Militar (PM) por atuarem com êxito no combate à criminalidade.

A requerimento do deputado Sargento Rodrigues (PDT), presidente da comissão, foram homenageados com moção de aplauso em nome do Legislativo nove integrantes do 34º Batalhão de Polícia Militar que impediram um roubo em uma quadra de futebol no Bairro Castelo, em Belo Horizonte.

Na segunda audiência, requerida pelo deputado Cabo Júlio (PMDB), vice-presidente da comissão, receberam moção de aplauso outros 17 policiais por sua atuação no setor de tecnologia da informação da PM.

“Muitas vezes o trabalho persistente dos policiais é que faz com que a violência diminua”, ressaltou o deputado Sargento Rodrigues. Ele registrou que, durante um patrulhamento de rotina no Bairro Castelo, militares se depararam com criminosos correndo em fuga, sendo seguidos por populares, e conseguiram prender os autores.

Sargento Rodrigues chamou atenção para esse tipo de ocorrência, alertando que o fato de jogadores estarem uniformizados, deixando seus objetos menores em locais às vezes de fácil identificação, acabam por atrair quadrilhas a esses locais pela boa visualização.

O deputado Paulo Guedes (PT), por sua vez, parabenizou os homenageados e manifestou sua expectativa de que “os policiais continuem firmes em seu trabalho para a segurança da população”.

“Temos uma profissão diferente, em que o policial sai de casa e não sabe se volta”, acrescentou o deputado Cabo Júlio sobre a importância de reconhecer o trabalho da polícia.

Representando o 34º BPM e o Comando de Policiamento da Capital, o major Helvécio Fraga dos Santos agradeceu a iniciativa. “Ela vem reconhecer o tão doloroso trabalho dos policiais, que enfrentem desafios cotidianos nas ruas”, destacou.

Durante essa primeira reunião, foi feito um minuto de silêncio, a pedido do presidente, pelas mortes do soldado Herick Vieira da Silva e do cabo Renato Fabrício Valério.

Fotos Guilherme Bergamini

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *