MAIS DE 20 MIL FAMÍLIAS DA ZONA RURAL RECEBEM ENERGIA ELÉTRICA EM MINAS GERAIS

Foi no dia 4 de julho deste ano, no seu aniversário de 46 anos, que o agricultor Orosino Pereira Gomes ganhou o presente que mais esperava: luz elétrica. Sua casa, na zona rural de Felício dos Santos, no Alto Jequitinhonha, foi uma das beneficiadas pelo programa Eletrificação Rural, da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que já levou eletricidade para mais de 20 mil propriedades mineiras desde o ano passado.

“Para mim é uma alegria enorme ter energia elétrica, minha família não sabia o que é isso. Foi o melhor presente que ganhei”, diz. A esposa de Orosino, Geralda Andrade, 37 anos, conta que a vida da família mudou. “A primeira coisa que fiz foi correr e ligar a geladeira. Era nosso sonho, eu chegava da roça e não tinha uma água gelada para beber. Tudo que a gente comprava que precisava ficar congelado ficava na casa do meu cunhado, longe daqui. Agora, tenho geladeira funcionando e água geladinha”, comemora.

O programa de Eletrificação Rural da Cemig objetiva levar eletricidade para toda a zona rural dos 774 municípios da área de concessão da empresa até o final de 2018. Serão ligadas, aproximadamente, 50 mil propriedades, beneficiando mais de 200 mil pessoas e atingindo  mais de 99% de cobertura de energia elétrica no estado.

A iniciativa também faz parte do plano para enfrentamento da pobreza no campo, lançado em junho deste ano pelo governador Fernando Pimentel, batizado de Novos Encontros. Em 2015, a Cemig já tinha realizado 10.151 ligações e, de 2016 a 2018, o investimento previsto é de R$ 800 milhões para fazer mais 50 mil ligações, das quais dez mil já foram feitas de janeiro a novembro deste ano.

Segundo Fernando Conrado, além de atender o usuário com a instalação da rede elétrica, a Cemig também oferece, gratuitamente, um kit básico de instalação interna, que contém padrão de entrada, ramal de conexão, lâmpadas e tomadas. Para tanto, é preciso que o beneficiário esteja no Cadastro Único do Governo Federal.

Norte do estado

O maior déficit de energia elétrica hoje está no Território Norte . Por isso, a Cemig vai realizar cerca de oito mil ligações apenas na região até 2018, com investimento de R$ 160 milhões.

Em 2015, foram atendidas 1.244 propriedades rurais no Norte, com investimento de R$ 13,6 milhões. Em 2016, até o dia 18 de novembro, outros R$ 18,7 milhões foram investidos e 1.461 propriedades foram atendidas. Entre 2017 e 2018, mais R$ 145 milhões serão aplicados na região e mais de oito mil ligações serão feitas.

Eletrificação Rural

Ao longo do Programa de Eletrificação Rural, serão construídos 15 mil quilômetros de rede – o que equivale a quase meia volta ao redor da Terra – e instalados 40 mil transformadores e milhares de postes.

ilumina

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *