LUANDA SEDIA REUNIÃO DA INTERNACIONAL SOCIALISTA DE MULHERES

Por LUCIANA ARCHETE

Advogado e jornalista MG19681JP

 

A Organização Feminina da Mulher Angolana abrigou, pela segunda vez, uma reunião do Executivo e do Conselho da Internacional Socialista de Mulheres (ISM). O encontro teve como tema geral “Agenda Global 2030: Mulheres, paz e desenvolvimento sustentável”.

Além de representantes angolanas o evento teve a presença de representantes do Brasil, Colômbia, Palestina, Mali, França e Turquia.

Um dos temas mais importantes foi a portas fechadas e versou sobre “Igualdade de reforma”. O ponto mais alto da agenda foi o lançamento de 16 Dias de Ativismo Contra a Violência de Gênero que foi apresentada pela vice-presidente da ISM para África Austral, Luzia Inglês Van-Dúnem.

A Internacional Socialista Mulheres é a organização internacional de organizações de mulheres dos partidos democráticos, socialistas e trabalhistas sociais filiadas aos partidos Socialista internacionais. Atualmente, cerca de 139 organizações de todo o mundo. A finalidade e objetivos das Mulheres Socialistas internacionais são promover a igualdade entre os sexos, a luta contra todas as formas de discriminação contra as mulheres e promover os direitos das mulheres, que são os direitos humanos; fortalecer as relações entre as organizações membros dela Internacional Socialista Mulheres, a fim de coordenar posições e atividades políticas.

Incentivar as organizações membros para assegurar a implementação das resoluções e declarações aprovadas nas reuniões dos Socialistas Internacional das Mulheres; esforçar-se por alargar as relações entre organizações dos Socialistas Internacional das Mulheres e outros grupos e organizações de mulheres de orientação socialista que não são membros, mas que têm um compromisso com o avanço da igualdade de gênero e um desejo de trabalhar em parceria com o Mulheres Socialistas Internacionais.

Promover programas de ação para superar a discriminação e a autonomia das mulheres e meninas em todas as áreas e trabalhar para o desenvolvimento, a paz e os direitos humanos em geral. A Internacional Socialista Mulheres é uma organização não-governamental com status consultivo no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.

Uma das representantes brasileiras no encontro foi Sirley Soalheiro, secretária do PDT de Minas Gerais. Segundo ela, chegará um dia em “que viajaremos pelo mundo somente para comemorar as nossas conquistas e conhecer as suas belezas. Não posso deixar de citar e reconhecer o apoio e respeito que nós, mulheres da Ação da Mulher Trabalhista. Sempre tivemos por parte dos nossos companheiros; presidente nacional, Carlos Lupi; presidente do PDT Minas, deputado Mario Heringer, e o secretário geral nacional, Manoel Dias, mas ainda temos muito a conquistar”, disse ela ao encerramento das atividades em Luanda.

Para Sirley, é “importante também que os nossos líderes partidários tenham a consciência de que não precisamos ‘brigar’ pelo espaço que é nosso, simplesmente ser respeitado. Devemos continuar a lutar pela paridade de gênero que é fundamental e justa. Somente ocupando os espaços de poder poderemos avançar”.

s1 s2 s3 s1 s6

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *